Quem sou eu

Minha foto

Olá! Sou professora de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação de Campinas e trabalho com inclusão escolar na rede regular de ensino, desde 2003. Atualmente atuo na Sala de Recursos Multifuncionais, fazendo o Atendimento Educacional Especializado para crianças com deficiência, TGD e altas habilidades no contra turno da escola regular. Sou casada, tenho dois filhos pequenos (meus ruivinhos lindinhos) e um cachorro fofo. Nossa família é cristã e sempre se reúne para orar, ler a Bíblia e fazer estudos bíblicos com as pessoas. Gosto muito de ler, cantar, tocar violão, meia lua. Também escrevo livros infantis e gosto muito desse trabalho. Tenho quatro livros publicados pela Editora Árvore da Vida,  artigos sobre educação e um livro digital publicado pela Saraiva: Josias - pé na cidade, coração no rio. Outros livros estão em andamento! Possuo quatro blogs:

Espero que você goste! Boa leitura!

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Coleção Vida saudável - proposta de trabalho para o livro "Pintinho Peralta". Autora: Márcia Coivo Villela



 
    O pintinho Peralta. Ed. Árvore da Vida.
Para adquirir o livro, clique no link abaixo:
http://www.arvoredavida.org.br/infantojuvenil/colec-o-vida-saudavel.html


Propostas de trabalho elaboradas por Aline Begossi.


Leia a história e converse muito sobre ela com as crianças.
Cante a música da história com eles, até que eles saibam.
Trabalhar a importância de ouvirmos os pais e de estarmos debaixo da sua proteção.
Quando sou fraco, sou forte: pedir que eles desenhem ou escrevam situações onde precisaram da proteção dos pais.

Podemos trabalhar as atividades propostas pela irmã Márcia Coivo Villela no vídeo que sugeri na postagem:

Brincar de 5- Pintinho vai passear (variação de Coelhinho sai da toca)

 Material: Nenhum.

Como brincar: Conte o número de crianças que há no grupo. Por exemplo, num grupo de 14 crianças, você deverá formar 4 duplas. Cada dupla será uma casinha; desse modo, você usará 8 crianças. Cada casinha terá uma criança dentro, que será o pintinho; desse modo, você estará agora utilizando 12 crianças. Ficarão 2 crianças sem casinha,uma será mais um pintinho e a outra a cobra, com um chocalho ou guizo na mão. Quando você gritar: “Pintinho sai da casinha um, dois três!”, os pintinhos terão que trocar de casinha e os que estão sobrando tentarão entrar nas casinhas. A criança que for a cobra tentará pegar alguém. Quem ela pegar será a cobra. Essa brincadeira deverá se repetir diversas vezes, até que todos o pintinhos tenham a chance de entrar nas casinhas. Com o passar da brincadeira, você deverá trocar as crianças que estão na função casinha para de pintinho, para que todas variem de posição. No final da brincadeira converse com elas sobre o fato da casinha ser uma proteção e o quanto elas ficavam vulneráveis na troca de casinhas (tanto pela possibilidade de perder sua casa, quanto pela cobra. Mostrar que a proteção dos pais e a vida da igreja é como essas casinhas, um lugar sempre seguro.